Card image cap

Estudo

Veja o que diz Caleb Colton sobre o Estudo

“Quem estuda somente os homens, adquire o corpo do conhecimento sem a alma; e quem estuda somente os livros, a alma sem o corpo. Quem adiciona observação àquilo que vê, e reflexão àquilo que lê, está no caminho certo do conhecimento, contanto que ao sondar os corações dos outros, não negligencie o seu próprio.” - Caleb Colton

O propósito das disciplinas espirituais é a total transformação das pessoas. Elas visam substituir os velhos e destruidores hábitos de pensamento por novos hábitos vivificadores.

Estudo

“Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para
que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”
Romanos 12:2

A mente é renovada aplicando-se eu a ela as coisas que a transformação.

“Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.”
Filipenses 4:8

A disciplina do estudo é o veículo básico que nos leva a ocupar o pensamento.

Muitos cristãos permanecem em sujeição a temores e ansiedades simplesmente porque não se beneficiam da disciplina do estudo.

“E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará." João 8:32

Sem o conhecimento da verdade, não seremos libertos.

O que é Estudo?

Estudo é um tipo específico de experiência em que, levamos os processos de pensamento e moverem-se numa determinada direção. Quando estudamos um livro nossos processos de pensamento assumem uma ordem que se conforma à do livro. Quando feito com concentração, percepção e repetição, formam-se hábitos arraigados de pensamento.

No Antigo Testamento - as leis eram escritas nas portas e nos umbrais das casas - com foco na repetição a fim que a Palavra de Deus fosse fundamentada nas mentes.

No Novo Testamento - as leis escritas nos umbrais das casas passam a ser escritas no coração - quando um conceito é internalizado ele passa a mudar a sua forma de pensar.

Logo, o que estudamos determina que tipos de hábitos devem ser formados.

O que você tem estudado? As redes sociais? As séries de TV? As notícias sensacionalistas? As fofocas?

A meditação e o estudo têm forte relação pois com base em um determinado conhecimento você consegue desenvolver sua capacidade de meditação. O estudo proporciona determinada estrutura objetiva dentro da qual a meditação pode funcionar com êxito.

Existem dois tipos de estudos: o verbal e o não verbal.

[VERBAL]

4 passos de um estudo

Não podemos confundir o acúmulo de informações com o conhecimento.

Estudamos para adquirir conhecimento, o conhecimento deve gerar em nós sabedoria. Quando compreendemos, refletimos e aplicamos o conhecimento adquirimos sabedoria.

Algumas Regras

Regras Intrínsecas - relacionadas à leitura e estudo de um texto

1a Leitura - entender a leitura: “O que o autor está dizendo?”
2a Leitura - interpretar a leitura: “O que o autor quer dizer?”
3a Leitura - avaliar o texto: “O autor está certo ou errado?”

Além das regras intrínsecas é necessário observar as regras extrínsecas

Regras extrínsecas - relacionada a outras fontes e discussão.

O primeiro e mais importante livro que devemos estudar é a Bíblia, a propósito, muitas das técnicas que utilizamos hoje são oriundas da forma de estudar a Bíblia.

“Com que purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra. Com todo o meu coração te busquei; não me deixes desviar dos teus mandamentos. Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti.” Salmos 119:9-11

“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça, para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra.” 2 Timóteo 3:16-17

Logo quando vamos às Escrituras Sagradas vamos para ser transformados e não para acumular informações.

[NÃO VERBAL]

Trata-se da observação da realidade das coisas, nos acontecimentos e nas ações. O ponto mais fácil por onde começar é a natureza.

Começamos o estudo da natureza prestando atenção.

Os irmãos Karamazov, Dostoievski aconselhou:

“Ame toda a criação de Deus, o todo e cada grão de areia que nela há. Ame cada folha, cada raio de luz de Deus. Ame os animais, ame as plantas, ame tudo. Se você amar tudo, perceberá o mistério divino nas coisas. Percebido o mistério, você poderá compreendê-lo melhor a cada dia.”

Observe os relacionamentos comuns do seu dia-a-dia em todos os lugares. Procure notar as coisas que controlam as pessoas. Você não está interessado em julgar ou até mesmo criticar de forma preconceituosa e sim procurar aprender.

Precisamos procurar compreender as coisas que nos controlam.

Alexander Pope disse:

“Não há estudo que não seja capaz de deleitar-nos depois de uma pequena aplicação a ele”

O estudo é digno do nosso mais sério esforço.

“Pai, oro para que o Senhor nos prepare para uma devoção ainda maior de cada um de nós de vivermos mais próximos de você, nos prepara para uma experiência impactante em nossas vidas através do Jejum - Amém”


Comentários

Seus Comentários


<- Voltar para Paginal Principal dos Artigos