Card image cap

Adoração

“Adorar é avivar a consciência pela santidade de Deus, alimentar a mente com a verdade de Deus, purgar a imaginação pela beleza de Deus, abrir o coração ao amor de Deus, consagrar a vontade ao propósito de Deus” - William Temple

Adorar é experimentar a realidade, tocar a vida. É conhecer e experimentar o Cristo ressurreto no meio da comunidade reunida.

Deus está ativamente buscando adoradores

“Os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade, porque são estes que o Pai procura para seus adoradores” - João 4:23

Adoração é a nossa resposta às aberturas de amor do coração do Pai. Ele acende dentro de nós somente quando o Espírito Santo toca o nosso espírito.

Adoramos somente a Deus

“Ao Senhor seu Deus adorarás, e só a ele darás culto” - Mateus 4:10

Louvamos a Deus por quem ele é, damos a Ele graças pelo que ele tem feito.

“Amarás, pois o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o seu entendimento e de toda a tua força” - Marcos 12:30

Nossa vida deve ser cheia de louvor, ações de graças e adoração ao Senhor. A hiperatividade pode se tornar a inimiga da adoração.

Jesus é o dirigente de nossa adoração porque:

1) Ele está vivo e presente entre seu povo; (sua voz e sua presença é conhecida)
2) Ele está vivo e presente em todos os seus oficios; (Sacerdote, Salvador e Redentor)
3) Ele está vivo e presente com todo o seu poder; (salvação, cura, perdão, reconciliação)
4) Ele é o dirigente no sentido de que só ele decide qual instrumentalidade a ser usada; (pregação, profetizar, canto, música, oração)

Jesus é quem dirige e direciona nossas ações de adoração e em adoração para o Pai, pois Ele é o nosso exemplo de verdadeiro adorador.

Silenciar a atividade da carne de modo que a atividade do Espírito Santo domine nosso modo de viver, modificará e melhorará a adoração pública. Pode até assumir a forma do absoluto silêncio.

A adoração no Antigo Testamento era com animais, a adoração no Novo Testamento é em louvor.

“...ofereçamos a Deus sempre, sacrifício de louvor, que é o fruto de lábios que confessam o seu nome.” - Hebreus 13:15

A adoração exclusivamente intelectual é uma aberração. Os sentimentos são uma parte legítima e importante da personalidade humana e devem ser empregados na adoração.

Deus requer de nós uma adoração sincera de forma física e intelectual.

Consequências:

1) A adoração nos transforma;
2) Na adoração uma força maior abre caminho que vai até santuário do coração;
3) Cresce em nós uma compaixão maior;
4) Nos impulsiona para uma maior obediência;
5) A adoração não é um narcótico para uma fuga das necessidades da vida;
6) A adoração nos habilita a ouvir o chamado para o serviço;
7) A adoração autêntica nos conduz a nos unirmos com Cristo na guerra contra o mal;

Williard Sperry disse: “A adoração é uma aventura deliberada e disciplinada na realidade.”

“Habite ricamente em vós a palavra de Cristo: instrui-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos e hinos e cânticos espirituais, com gratidão, em vossos corações” - Colossenses 3:16


Comentários

Seus Comentários


<- Voltar para Paginal Principal dos Artigos